Conceito de Velocidade ao Contrário


| Ler Comentários

Após a discussão com a classe sobre o conceito de velocidade (distância percorridas em unidades de tempo), os alunos foram levados a imaginar o que mudaria se o conceito fosse ao contrário: tempo gasto para percorrer unidades de distância (veja também esta página sobre o conceito de velocidade). Foi proposto que fizessem um artigo discorrendo sobre isso. Veja o que alguns deles fizeram:



Veja as redações de:

 



Em velocidade máxima (ou mínima?) - Aurea Halfeld, Colégio Adventista de Campinas

      Não é de hoje que a alta velocidade fascina homens e mulheres de diferentes faixas etárias. Mas ultimamente, com os fortes investimentos no meio automobilístico, que produz carros cada vez mais velozes e potentes, isso tem se intensificado.

      Há duas definições de velocidade. A primeira é que velocidade é o tempo gasto para percorrer distâncias iguais, e a segunda é que velocidade é a distância percorrida em tempos iguais. São dois conceitos, duas formas de compreender. O que normalmente acontece é pensarmos em velocidade apenas como a segunda definição, a de distância percorrida em tempos iguais. Isso é natural, pois toda vez que vemos o valor de uma velocidade ele vem escrito de acordo com esse conceito.

      Um exemplo prático disso é a nossa conhecida e famosa placa de trânsito, que indica a velocidade máxima permitida aos veículos em certo local. Quando passamos por uma placa que indica 60km/h significa que a velocidade máxima legal é de 60km a cada 1 hora, ou seja, 60 km a cada 60 minutos, o que representa 1 km a cada 1 minuto.

      Mas agora vamos pensar como seria se o conceito de velocidade adotado pela sociedade fosse o de “tempo gasto para percorrer distâncias iguais”. Usando o mesmo exemplo, a placa mostraria 1min/km, indicando assim a velocidade mínima autorizada, pois se o tempo gasto fosse inferior a 1 minuto o motorista estaria a uma velocidade maior do que 60km/h.

      Pensando no velocímetro dos carros, que começa do lado esquerdo (no 0) e vai em direção ao lado direito (onde aparecem as velocidades 10km/h, 20km/h e assim sucessivamente), este também teria que ser diferente, pois partiria da direita (onde teríamos
) e, a medida que acelerássemos, o ponteiro caminharia em direção ao lado esquerdo (onde encontraríamos 0, porém jamais chegaríamos a ele, por ser isso fisicamente impossível). Não seria diferente ter que respeitar a velocidade mínima permitida?

Voltar
Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos Filosóficos | Noticias
E-mail: flavioscunha@hotmail.com

 


E se...O conceito de "velocidade" mudasse? - Caroline Monteiro, Colégio Adventista de Campinas

      As pessoas seriam multadas por estarem abaixo do limite mínimo de velocidade permitida.

      Velocidade é conceituada por ser a distância percorrida em tempos iguais, ou o tempo para percorrer distâncias iguais. No trânsito, o conceito usado é baseado na distância para o tempo, isto é, quando dizemos que um carro está andando a 60km/h, estamos dizendo que, nessa velocidade, ele só poderá rodar 60km para cada 60 minutos.

      Porém, se o conceito adotado fosse o de tempo para distâncias iguais, o carro que está a 60km/h estaria a 1min/km. O carro só poderia percorrer em um minuto, um quilometro.

      Além de não existir mais limite máximo de velocidade, e sim limite mínimo, se essa mudança realmente ocorresse, os ponteiros indicadores de velocidade no painel dos automóveis teria de ser completamente modificados: a velocidade mínima do ponteiro seria o símbolo que indica infinito, em seguida, provavelmente, viria a quilometragem 10min/km. Finalmente, a velocidade máxima que cada carro poderia atingir seria 0,5 min/km, o equivalente a 120km/h. Um carro a 0,0min/km seria fisicamente impossível, pois o automóvel se deslocaria tão rápido a ponto de estar em dois lugares ao mesmo tempo.
Voltar
Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos Filosóficos | Noticias
E-mail: flavioscunha@hotmail.com

Velocidade - Camila Palma, Colégio Adventista de Hortolândia

      Velocidade? O que seria velocidade? A velocidade está em cada passo que damos, nas brincadeiras de pega-pega, um trajeto percorrido de carro ou de a pé, sejamos rápidos ou de vagar, pois velocidade é toda uma distância percorrida em um determinado tempo.

      Quando estamos em um carro, ônibus, moto podemos ver no velocímetro a velocidade em que estamos por hora, onde usaríamos a unidade de medida Km/h onde o Km seria a distância percorrida pelo carro e o h o tempo gasto nessa distância. Imaginando que estamos em um carro a 80 km/h indo para praia e o carro permanece com a mesma velocidade, ele percorrera 80 km a cada intervalo de tempo de uma hora.

      Se compararmos um carro de formula 1 com um carro comum, podemos ver que o carro de formula 1 é mais rápido que um carro comum, porque ele percorre uma mesma distância que os carros comuns em menor espaço de tempo. Nem toda unidade de medida que determina uma distância, por exemplo, 100 km/h significa que o automóvel esteve nessa velocidade por todo seu percurso, esse numero representa o melhor valor da velocidade percorrida durante seu percurso.

      Quando nos referíamos á uma unidade de medida de tempo (horas, minutos, segundos), que é nada mais que um exemplo matemático para mostrar um conceito físico. Do mesmo jeito que a velocidade não está no velocímetro, está no carro, o tempo não está no relógio, está no universo.

      Velocidade é uma unidade de medida de movimento. Ela quem faz a relação entre espaço e tempo. O espaço e o tempo eram trabalhados como elementos físicos livres até que a mecânica relativista mostrou matematicamente que não são.

      Pensando agora se esse conceito sobre a velocidade fosse ao contrario e ao invés de ser, uma distância percorrida em um determinado tempo, fosse o tempo percorrido em uma determinada distância. Como seria o mundo? O mundo seria cronometrado.
Voltar
Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos Filosóficos | Noticias
E-mail: flavioscunha@hotmail.com


Velocidade - Débora Barros Cristina, Colégio Adventista de Campinas

      Podemos afirmar com convicção que a velocidade é essencial em nossa vida. A velocidade é o movimento que se percorre numa distância num determinado tempo. Pela velocidade determinamos quanto tempo irá levar nosso percurso.       Usamos a contagem universal Km/h , ou seja, decidimos quantos quilômetros vamos percorrer em uma hora. Mas, se essa contagem fosse invertida (h/Km) teríamos que modificar nossos cálculos e nossos métodos. Nossa vida seria mais complicada.

      Em Km/h valorizamos (damos mais ênfase) ao Km

      Em h/Km damos mais ênfase à hora (tempo)

      Iríamos contar nosso percurso pelo tempo, e por isso, correríamos mais, para alterar o tempo. A contagem seria a mesma de Km/h , mas em h/Km daríamos mais ênfase ao tempo. Ao invés de falar: daqui ao Rio de Janeiro são 500Km, falaríamos , daqui ao Rio de Janeiro são 7 horas. Então, iríamos acabar mentalizando um tempo mais longo, o que nos faria correr mais.

      Outro exemplo: Estamos andando em uma estrada e começamos a ter fome. Vemos uma placa: “frango Assado a 7 Km” .E pensamos que estaria longe, pois sete Km é bastante coisa para uma pessoa faminta. Mas, se andando pela estrada encontrássemos uma placa escrito : “Frango Assado a 3 min” , pensaríamos que estávamos bem perto, ou seja, iríamos pensar que seria mais perto 3 min do que 7 Km em 120 Km/h. Mas, na verdade, daria no mesmo, então é uma questão psicológica.

      Concluímos que é bem melhor a nossa contagem Km/h do que h/Km. Km/h é bem mais pratico e rápido, facilitando nossa vida na hora de fazer um calculo, por exemplo.
Voltar
Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos Filosóficos | Noticias
E-mail: flavioscunha@hotmail.com


Velocidade - Guiovanne Venturelli, Colégio Adventista de Hortolândia

      Neste mundo atual a velocidade é muito usada por qualquer ser vivo da face da terra e isso começa desde uma corrida de crianças no parque até os mais rápidos supersônicos do mundo a lentidão é uma coisa detestada hoje em dia aquele que for o funcionário mais rápido e qualificado ganha o emprego.

      A unidade de medida da velocidade de um carro na pista é km/h, para o carro ser rápido ele tem que fazer o menor tempo dentro de uma kilometragem pedida e se conseguir o menor tempo será o carro mais rápido.

      Hoje um carro é multado pelo excesso de velocidade que ele atinge para alcançar seu objetivo digamos que um carro vai do ponto S ao ponto Q numa velocidade de 50 km/h e a velocidade permitida é de 40km/h isso quer dizer que ele tomará uma bela multa .

      Mas imagine se fosse ao contrário se a unidade de medida de um carro fosse min/km como que seria? No mínimo seria muito confuso mas mesmo assim teria que fazer o menor tempo para ser o carro mais rápido só que se ele fosse do ponto S ao ponto Q ele teria que andar em uma velocidade de 2 min/km e andasse a um 1min/km ele seria multado por falta de tempo não é no mínimo engraçado?

      Hoje as pessoas são multadas por excesso de velocidade mas se fosse ao contrario elas seriam multadas por falta de tempo para cumprir a kilometragem estipulada pelo governo

      Ainda assim eu acho que de qualquer jeito que a velocidade seja medida vai ter pessoas que não irão respeitar o que é permitido nas rodovias ou nas cidades e vai haver aquelas pessoas que sempre vão respeitar por isso devemos seguir o que é pedido,para não sermos multados e termos uma boa viagem!
Voltar
Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos Filosóficos | Noticias
E-mail: flavioscunha@hotmail.com


Velocidade - Giovana Aleproti, Colégio Adventista de Hortolândia

      Primeiro teremos que entender o que é velocidade. Quando você se locomove até um destino, você esta a uma velocidade, um carro em movimento também está. Para você conseguir afirmar que está a uma velocidade, primeiro, você deve dizer que esta em movimento. Segundo, você não pode esquecer de que tem um destino, mesmo que seja dar dois passos em qualquer direção. Concluindo, velocidade é o espaço que você percorreu em um determinado tempo, uma unidade de tempo. Por exemplo: Eu percorri 80 km em 1hora, lê-se 80km/h.

      O mundo sem o km/h.

      Como será que seriam as multas? Qual seria o trabalho dos guardas? E aqueles aparelhinhos que marcam a velocidade? Para que serviriam e como?

      As multas seriam marcadas por tempo, e teriam aparelhos nos carros que marcariam o tempo por km, horas por km. No caso de como multar o cidadão, seria da seguinte maneira: Ao invés de marcar a velocidade, o aparelho iria entrar no sistema do aparelho do carro e confirmaria o tempo e o espaço percorrido, o que facilitaria para o guarda dar multas, ninguém escaparia da checagem, e haveria muito mais pessoas recebendo multas por conta de atrasos e imprevistos, junto com os radares haveria o “transmissor” para descobrir se ele esta na hora e distancia exata de acordo com o tempo mínimo permitido. Para descobrir se o sujeito seria ou não multado, o transmissor informaria se o tempo estava de acordo com a distância percorrida. Se eles ultrapassassem o tempo permitido (exemplo 1min por km, tendo 30seg por km registrados, ele seria multado por estar em excesso de velocidade, ou por muito pouco tempo em longas distancias), significaria que ele está fora da lei.

      Porém, todos os carros que fossem fabricados teriam que ter um transmissor, para poderem fazer a checagem.
Voltar
Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos Filosóficos | Noticias
E-mail: flavioscunha@hotmail.com


Fórum - Comentários dos leitores:





Principal | Atividades | Fórum | Aos Alunos
Interagindo | Aspectos Filosóficos | Noticias
E-mail: flavioscunha@hotmail.com